Esqueci a senha Dúvidas

Internet Banking

Serviços financeiros

Oferecemos serviços financeiros especializados por meio das áreas de estruturação e de tesouraria para clientes, que identificam oportunidades para estruturação de dívida e precificação de derivativos.

A área de Estruturação do BOCOM BBM atua ao lado do Crédito Corporativo na identificação de oportunidades para estruturação de dívida, aproveitando-se da escala existente na prospecção de negócios para carteira proprietária.
 
São utilizados diversos instrumentos e estruturas de securitização oferecidos no mercado de capitais brasileiro e internacional – desde negociações privadas de:
 
  • Cédulas de Crédito Bancário (“CCBs”);
  • Pré-Pagamentos de Exportação (PPEs);
  • Empréstimos externos sob a Lei nº 4.131;
 
até a estruturação de:
 
  • Debêntures;
  • Notas Promissórias;
  • Certificados de Recebíveis Imobiliários (“CRIs”);
  • Certificados de Recebíveis do Agronegócio (“CRAs”).
 
O BOCOM BBM coordenou a emissão de mais de R$ 550 milhões em Debêntures e Notas Promissórias em 2017.
 
Há sinergia também com o Wealth Management, uma vez que este oferece a seus clientes oportunidades de alocação em ativos originados pela área de Estruturação.
A área de Tesouraria para Clientes atua ao lado do Crédito Corporativo na estruturação e precificação de derivativos e outros produtos para clientes com o intuito de oferecer alternativas para a equiparação dos riscos de mercado aos quais os ativos e passivos da empresa estão expostos.
 
Entre os produtos oferecidos estão derivativos para proteção aos seguintes riscos:
 
  • Variação cambial;
  • Taxas de juros;
  • Índices de preços.
 
Além disso a Tesouraria para clientes também oferece o serviço de fechamentos de câmbio de diversas naturezas.

Produtos e serviços

Debênture é um valor mobiliário, representativo de dívida e emitido por companhias constituídas sob a forma de sociedade anônima (S/A), aberta ou fechada, que assegura a seus detentores o direito de crédito contra a companhia emissora.  A principal vantagem no acesso ao mercado de capitais via debêntures está na potencial redução dos juros cobrados e otimização das características da operação, tais como: (i) prazo, (ii) garantias prestadas e (iii) demais condições da emissão.  

A Nota Promissória é um valor mobiliário que pode ser emitido por companhias constituídas sob a forma de sociedade anônima (S/A), aberta ou fechada, sociedades limitadas ou cooperativas cuja atividade relaciona-se com o setor agropecuário.  Como parâmetros gerais para este tipo de emissão, o pagamento de juros e principal ocorre em única parcela na data de vencimento e o prazo da Nota Promissória pode ser superior a 360 dias, desde que a oferta cumpra com as normas de colocação de esforços restritos e contem com a contratação de agente fiduciário.  A principal vantagem para a captação de recursos via emissão de Notas Promissórias está na agilidade do processo aliado a custos mais competitivos de estruturação, se comparado aos demais produtos de mercado de capitais.

Os Certificados de Recebíveis Imobiliários (“CRI”) são títulos de renda fixa lastreados em recebíveis relacionados ao setor imobiliário cuja natureza seja de (i) compra e venda ou locação de imóveis ou (ii) crédito corporativo, cujos recursos sejam destinados ao setor. 
 
Vantagens para o Investidor:
  • Regime Fiduciário – Segregação Patrimonial;
  • Participação de Vários Agentes – Transparência e Confiabilidade; e
  • Atualmente, a operação de CRI é Isenta de IRRF (Imposto de Renda na Fonte) para Pessoas Físicas.
 
Vantagens para o Tomador:
  • Nova Fonte de Captação de Recursos;
  • Taxas Competitivas; e
  • Atualmente, a operação de CRI é Isenta de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).
Os Certificados de Recebíveis do Agronegócio (“CRA”) são títulos de renda fixa lastreados em recebíveis originados de contratos entre produtores rurais, ou suas cooperativas, e terceiros, inclusive financiamentos ou empréstimos relacionados  com a produção, comercialização, beneficiamento ou industrialização de produtos ou insumos agropecuários ou máquinas e implementos utilizados na atividade agropecuária.  
 
Vantagens para o Investidor:
  • Regime Fiduciário – Segregação Patrimonial;
  • Participação de Vários Agentes – Transparência e Confiabilidade; e
  • Atualmente, a operação de CRA é Isenta de IRRF (Imposto de Renda na Fonte) para Pessoas Físicas.
 
Vantagens para o Tomador:
  • Nova Fonte de Captação de Recursos;
  • Taxas Competitivas; e
  • Atualmente, a operação de CRA é Isenta de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).
Um Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (“FIDC”) é um veículo para securitização de recebíveis. 
Em linhas gerais, uma empresa cede seus recebíveis ao fundo, com intuito de antecipar o recebimento destes recursos em troca de um taxa de desconto. 
O fundo obtém recursos para aquisição desses créditos através da emissão de cotas, que serão remuneradas exclusivamente com base no recebimento dos pagamentos dos créditos adquiridos, ficando indiretamente expostos aos riscos e retornos de tais recebíveis.
É possível gerar diferentes combinações de risco e liquidez pela combinação dos direitos creditórios que compõem as carteiras do FIDC. Estes recebíveis podem ser classificados como “a performar” ou “performados” e “revolventes” ou “estáticos”, conforme segue: 
  • os recebíveis a performar são resultantes de um contrato futuro de entrega, ou prestação de serviços; 
  • os performados são aqueles em que a entrega ou prestação de serviços já ocorreu; 
  • os revolventes referem-se à entrega ou prestação de serviços que exige uma reposição como, por exemplo, financiamentos de bens duráveis; e
  • os estáticos respondem pelos financiamentos de projetos de longo prazo.